Um forte tremor secundário de magnitude 6,7 atingiu a área de Katmandu, no Nepal, na madrugada deste domingo (26), enquanto aviões carregados de suprimentos, médicos e equipes de ajuda de outros países chegavam à região. Ontem, um terremoto de magnitude 7,8 atingiu o país e estima-se que o número de mortes ultrapasse os 2.000.

“Os tremores secundários continuam, então as pessoas não sabem o que esperar”, afirmou Sanjay Karki, chefe da agência de ajuda humanitária Mercy Corps no Nepal. “Todas as áreas abertas de Katmandu estão cheias de pessoas que estão acampando”, contou.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Na capital do país, milhares de pessoas foram passar a noite no Tudikhel, um vasto campo aberto perto da cidade velha, onde edifícios históricos estão em ruínas. Os desalojados dormiam em folhas de plástico ou caixas de papelão, abraçados em cobertores.

O terremoto de sábado, de magnitude 7,8, foi o maior a atingir o país em 80 anos. Seu epicentro foi no distrito de Gorkha, cerca de 80 quilômetros a noroeste de Katmandu, de acordo com o Instituto de Geofísica dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). As estradas para essa região foram bloqueadas por deslizamentos, dificultando o trabalho de equipes de resgate, que estão caminhando pela montanha para chegar às vilas mais remotas.

No centro da capital, Katmandu, vários edifícios desabaram, incluindo templos e minaretes. Entre eles, estava a torre de nove andares conhecida como Dharahara Tower, um dos marcos de Katmandu, construída pelos governantes reais do Nepal e reconhecida pela Unesco como patrimônio histórico.

O terremoto foi tão forte que pôde ser sentido em partes da Índia, Bangladesh, Paquistão e na região do Tibete, na China. Ele também desencadeou uma avalanche no Monte Everest, que atingiu acampamento na base da montanha. Pelo menos 17 pessoas morreram e 61 ficaram feridas como resultado dos deslizamentos, entre eles o executivo do Google Dan Fredinburg.

Terremoto mata mais de mil pessoas no Nepal e provoca avalanche no Everest (Fotos:Niranjan Shrestha/AP)
Terremoto mata mais de mil pessoas no Nepal e provoca avalanche no Everest (Foto: Niranjan Shrestha/AP)

People gather near a collapsed house after a major earthquake in Kathmandu, Nepal April 25, 2015. REUTERS/Navesh Chitrakar TPX IMAGES OF THE DAY REUTERS NEWS PICTURES HAS NOW MADE IT EASIER TO FIND THE BEST PHOTOS FROM THE MOST IMPORTANT STORIES AND TOP STANDALONES EACH DAY. Search for "TPX" in the IPTC Supplemental Category field or "IMAGES OF THE DAY" in the Caption field and you will find a selection of 80-100 of our daily Top Pictures. REUTERS NEWS PICTURES. TEMPLATE OUT TPX IMAGES OF THE DAY

(Com agências AP e Estadão Conteúdo)