mulher-mortaDaniele Aline Vieira Guimarães, 19 anos, foi morta pelo marido durante visita íntima na cadeia de Arapoti, região Centro-leste do Paraná, na tarde da ultima quarta-feira (25).

Segundo o delegado Durval Ataíde Filho, por volta das 16h30 Daniele declarou ao marido que esta seria sua última visita a ele, já que teria arrumado um novo namorado. Revoltado, o preso deu uma gravata na esposa e a asfixiou com um travesseiro.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Faltando dez minutos para o fim da visita íntima, o carcereiro foi avisado por outro preso que havia uma mulher caída na cela. “Os presos ficaram muito revoltados, partiram para cima dele. Tivemos que deixá-lo isolado, mas já pedi a remoção dele para o Cadeião de Ponta Grossa”, afirma o delegado.

Daniele chegou a ser socorrida por uma técnica de enfermagem do presídio e encaminhada ao hospital, mas não resistiu.

Segundo o delegado, o autor do crime estava preso por cometer dois assaltos. “Em cerca de 30 dias ele iria ganhar o regime semiaberto. Com este novo crime por homicídio, vai passar muito mais tempo preso”.

Fonte: Bonde News