Atletas e lembradas no cenário do vôlei em Macapá, as irmãs gêmeas Patrícia e Alessandra Pimentel, de 42 anos, perderam a batalha para a Covid-19. Patrícia morreu neste sábado (10), apenas 7 dias após Alessandra, em 3 de abril. As duas estavam internadas e não resistiram às complicações.

O drama da família, uma das milhares destruídas pela Covid-19, ainda é maior em função da morte da mãe delas, Áurea Pimentel, em 22 de março, pela mesma doença.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Mãe e filhas passaram os últimos dias de tratamento no Centro Covid do Hospital Universitário, referência no atendimento à doença no estado.

Alessandra era casada e deixa dois filhos. A perda foi lamentada nas redes sociais por vários amigos, familiares e colegas de vôlei.

Juntas as irmãs conquistaram vários títulos no estado e integraram a seleção amapaense da modalidade.

Macapá é a cidade do Amapá com mais casos e mortes pela Covid-19. Dados atualizados até a sexta-feira (9) mostram que a capital registrou 46.097 infectados e 1.038 óbitos desde o início da pandemia.

Portal Guaíra com informações do G1