ad

Em mais uma perseguição que teve início ainda na região de Guaíra e terminou somente em Altônia, Agentes Federais de Guaíra apreenderam embarcação, cigarros e prenderam um homem de origem paraguaia.

Durante patrulhamento pelo Rio Paraná na madrugada desta terça-feira (16), equipes da PF de Guaíra avistaram uma embarcação que seguia em alta velocidade.

Mesmo sinalizando para que o piloto parasse, esse não obedeceu e continuava seguindo rio acima.

Durante o acompanhamento tático, o ajudante do barco em fuga jogou caixas de cigarros no rio na tentativa de dificultar a aproximação da equipe do NEPOM, além do condutor realizar manobras atirando a embarcação contra os PFs, podendo inclusive causar um grande acidente.

Em dado momento, já na região de Altônia, ao perceber que não teria como fugir, piloto e ajudante saltaram nas águas do Paranazão, mas o piloto acabou sendo localizado e preso.

Segundo informações, há algum tempo o piloto já havia detido em Altônia.

A lancha em fibra, equipada com motor potente – Yamaha – de 200HP, trasportava cerca de 25 mil carteiras de cigarros oriundos do Paraguai. Prejuízo aos contrabandistas de R$ 200 mil.

Diante dos fatos, preso, embarcação e contrabando foram encaminhados à sede do NEPOM em Guaíra.

Redação Portal Guaíra


CLINICA SALUTAR