OBemdito

ad

[dropcap]F[/dropcap]oi identificado por familiares na segunda-feira (20), o corpo de um homem executado a tiros no município de Altônia. A Polícia Civil daquele município quer descobrir as ligações do homem com pessoas que possam ter praticado o crime.

Segundo informações obtidas no Instituto Médico Legal (IML) de Umuarama, a vítima trata-se de Tiago Rafael Nogueira, de 34 anos de idade, natural e morador no município de Marília – SP.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Nos levantamentos realizados pela pelos investigadores, Tiago consta com diversos antecedentes criminais naquele estado. Entre eles, tráfico de drogas, estelionato e Falsidade ideológica.

Ainda de acordo com os policiais, foi descartada a hipótese de que ele tenha vindo ao Paraná com a intenção de envolver com o contrabando de cigarros. “Precisamos encontrar uma ligação deste homem com bandidos que estejam atuando aqui na região. Não encontramos telefone celular, documentos e nos bolsos não havia nenhum papel ou anotação que facilitasse nosso trabalho”, comentou um dos policiais que atua no caso.

Durante toda a manhã, mulheres parentes da vítima foram interrogadas na Delegacia de Polícia de Umuarama. O teor do depoimento será repassado ao delegado Reginaldo Caetano, presidente do inquérito que apura a morte de Tiago.

O crime
O corpo de Tiago Rafael foi encontrado por volta das 8h30 da sexta-feira (17) caído em uma estrada rural perto do distrito de São João, com características de execução.

Acredita-se que o crime tenha sido praticado durante a noite da quinta-feira (16) ou madrugada da sexta.

Cápsulas deflagradas de pistola de calibre 9 milímetros foram recolhidas perto do cadáver. Nenhum documento havia sido localizado, dificultando a identificação imediata do homem executado. Somente depois que o corpo foi trasladado ao IML é que houve a identificação oficial por parte da família na segunda-feira.

Portal Guaíra com informações do OBemdito