ad

[dropcap color=”#81d742″]N[/dropcap]a noite de domingo (19), trechos da BR-277 já tinham formação de neblina, embora sem intensidade forte. Mas fica o aviso: daqui pr diante, esse cenário fica cada vez mais comum. A formação de neblina é mais comum no clima mais frio e, quanto mais o clima esfria, maior a incidência e a intensidade. O risco maior é exatamente para quem está nas rodovias, por isso a época exige cuidados na direção. O outono começou no domingo.

A neblina, também chamada de nevoeiro, é causada pela condensação da água evaporada, formando nuvens próximas ao solo. Esta condensação ocorre quando o ar quente entra em contato com o pavimento frio das rodovias.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Normalmente, o mês com mais neblina é agosto, quando o fenômeno não escolhe hora. Ela é mais forte na Serra do Mar — tanto na descida para o Litoral do Paraná quanto de Santa Catarina. Nesta época do ano, as concessionárias e as polícias rodoviárias costumam promover campanhas de segurança para alertar os motoristas sobre a forma de direção segura com pouca visibilidade nas rodovias.

Como dirigir com neblina
– Diminua a velocidade para aumentar a capacidade de reação a imprevistos
– Mantenha distância segura do veículo que estiver à frente
– Mantenha o para-brisa e os vidros limpos e desembaçados
– Use faróis de neblina ou luz baixa