Segundo a coordenadora de Vigilância Ambiental da Sesa, Ivana Belmonte, a situação é grave e, pelos índices elevados de infestação, é necessário ter cuidado com os possíveis criadouros do mosquito — Foto: Reprodução/TV Tem

ad

Setenta municípios do Paraná estão em epidemia de dengue, segundo boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado na terça-feira (18).

A maior parte está localizada nas regiões norte, noroeste, Norte Pioneiro e oeste. Conforme o boletim, outras 59 cidades estão em estado de alerta para a dengue.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O estado chegou nesta semana a 15.396 casos confirmados da doença desde agosto de 2018. Na semana anterior, o número era de 13.504. Segundo o boletim, a quantidade de mortes permanece em 17.

De acordo com a coordenadora de Vigilância Ambiental da Sesa, Ivana Belmonte, a situação é grave e, pelos índices elevados de infestação, é necessário ter cuidado com os possíveis criadouros do mosquito.

“Telhados, antenas de TV, calhas, troncos ocos de árvores e caixas de água também devem ser vistoriados. O mosquito vai em busca de recipientes com água ou lixo acumulados”, explica.

Municípios em epidemia de dengue, segundo a Sesa:
Norte: Itambé, Flórida, Lupionópolis, Arapuã, Primeiro de Maio, Sertanópolis, Alvorada do Sul, Santa Fé, Santo Inácio, Paiçandu, São Carlos do Ivaí, São Pedro do Ivaí, Uniflor, Cafeara, Floraí, Mandaguari, Floresta, Cambé, Ibiporã, Lobato, Florestópolis e Nova Esperança;

Noroeste: Japurá, Francisco Alves, Porto Rico, Nova Londrina, Loanda, Paranapoema, Amaporã, Santa Isabel do Ivaí, Cianorte, Paranacity, Alto Piquiri, Xambrê, Icaraíma, Nova Olímpia e Cruzeiro do Sul;

Norte Pioneiro: Uraí, Leópolis, Santa Mariana, Jacarezinho, Abatiá, Bandeirantes, Rancho Alegre, Andirá, Santo Antônio do Paraíso, Cornélio Procópio, Jataizinho e Sertaneja;

Oeste: Mercedes, Terra Roxa, Lindoeste, Entre Rios do Oeste, Medianeira, Cafelândia, Santa Terezinha de Itaipu, Missal, Anahy, Foz do Iguaçu, Guaíra, São Miguel do Iguaçu, Jesuítas, Quatro Pontes e Palotina;

Centro-oeste: Moreira Sales, Peabiru, Quinta do Sol e Rancho Alegre D’Oeste;

Sudoeste: Realeza e Capanema.

Portal Guaíra com informações da SESA