Edifício sede do Congresso Nacional em Brasília (DF)(iStockphoto/Getty Images)

ad

[dropcap color=”#8224e3″]A[/dropcap] Esplanada dos Ministérios deverá sofrer grandes mudanças nos próximos meses. É que metade dos 28 ministros do presidente Michel Temer deverão deixar o cargo para se disputar as próximas eleições que ocorrerão em outubro de 2018.

A estimativa, feita por assessores do presidente da República, foi divulgada ontem por Murilo Ramos, autor da coluna Expresso na revista Época. Ainda segundo o repórter, mesmo faltando mais de três meses para que os candidatáveis deixem o governo, a guerra pelas cadeiras já começou, com disputa acirrada especialmente pelos ministérios da Saúde e da Agricultura, ambos controlados pelo PP.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Portal Guaíra com informações do Bem Paraná