Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
ad

[dropcap color=”#dd3333″]U[/dropcap]ma mulher foi presa pela Polícia Militar, na manhã de domingo (7), após agredir uma mesária durante votação na Escola Municipal Papa João Paulo II, em Arapongas, no Norte do Paraná. A agressora teria agido motivada por ciúmes, após a vítima segurar a mão do seu marido para biometria.

De acordo com a PM, o caso aconteceu por volta das 10h30. Testemunhas relataram que a mulher ficou com ciúmes após a mesária orientar o homem para a leitura digital. A vítima foi agredida com socos no rosto e corpo.

A agressora foi contida pelas pessoas presentes até a chegada da polícia, que a encaminhou até a delegacia. Ela responderá por lesão corporal.

Portal Guaíra com informações do TN Online


CLINICA SALUTAR