ad

[dropcap color=”#dd3333″]P[/dropcap]onta Grossa foi palco de mais um crime brutal na noite de quarta-feira (5) em que um rapaz foi morto a tiros ao tentar defender uma mulher de um estupro. O caso foi registrado na rua Antonio Schemberger, no bairro Chapada, pouco antes da meia noite.

O casal caminhava às margens da Avenida Souza Naves quando foi surpreendido por um bandido armado. O criminoso arrastou os dois para o matagal, estuprou a jovem e assassinou o rapaz. A PM informou que os dois eram amigos.

Conforme informações divulgadas pela Polícia Militar, o autor tem aproximadamente 50 anos de idade e estava com um revólver. Ele rendeu o casal e obrigou os dois a caminharem até uma região de matagal. O criminoso colocou a arma na cabeça da adolescente, tirou a roupa da jovem e começou a praticar o estupro. O rapaz reagiu e lutou com o bandido, mas levou dois tiros no peito.

O bandido fugiu com a bicicleta de uma das vítimas e abandonou o objeto pouco tempo depois. A adolescente foi encaminhada para fazer exames médicos e o laudo pericial no Pronto Socorro Municipal, e o rapaz identificado como Paulo Cesar Batista da Costa, de 29 anos foi encaminhado até a Santa Casa de Misericórdia. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo depois. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa.

Policiais civis e militares estão mobilizados na caça do criminoso, que deverá responder por latrocínio e estupro, mas ainda não encontraram o autor do crime.

Portal Guaíra com informações de A Rede


CLINICA SALUTAR