ABC Color
ad

[dropcap color=”#dd3333″]A[/dropcap]gentes do SENAD (Secretaria Nacional Antidrogas) do governo paraguaio destruiu 125 toneladas de maconha na operação “Amambay I” que durou 10 dias de incursões na área de fronteira.

Segundo membros da operação, o prejuízo econômico aos narcotraficantes seriam de US$ 3.700.000.00 ( três milhões e setecentos mil dólares americanos). As incursões, localização e destruição da maconha aconteceram nas áreas conhecidas como Colônia Maria Auxiliadora e Santa Clara (50 Km da fronteira com o Brasil), região de Pedro Juan Cabalhero.

Ao todo foram 45 acampamentos, sendo encontrado 47 toneladas de maconha picada, 825 Kg de maconha prensada e 26 hectares de maconha plantadas já prontas para serem colhidas, que depois de colhido produziria aproximadamente 77 toneladas de maconha. Toda a maconha foi incinerada após autorização do Ministério Público.

Portal Guaíra com informações do ABC Color


CLINICA SALUTAR