ad

O jornalista William Bonner geralmente usa seu perfil no Instagram para publicar comentários bem humorados e fotografias de seu dia a dia. Na quinta (14), no entanto, o tom mudou: em um texto longo (para os padrões da rede social), o apresentador do Jornal Nacional desabafou contra aqueles que usaram a internet para insultá-lo em relação às perguntas feitas por ele aos candidatos à Presidência da República.

“É esse respeito que falta aos que usam o espaço de comentários de uma foto para insultar, agredir, praguejar contra o conteúdo eminentemente jornalístico de uma entrevista. Insultam não só a mim, como entrevistador, mas a todos os demais eleitores que desejam ser informados sobre as questões polêmicas de todos os candidatos, seja quem forem”, escreveu.

E continou: “Essa intolerância eu faço questão de deixar registrada nos comentários. Alguma utilidade terá pra quem quiser analisar os frequentadores desse ambiente encantador e agressivo, enriquecedor e mesquinho, democrático e sectário que é a internet”, desabafou ele. O texto foi escrito enquanto Bonner aguardava a decolagem de seu voo de Brasília para o Rio de Janeiro.

“Fiz e farei as perguntas que os candidatos prefeririam não ter que ouvir”, afirmou.

Ao lado de Patrícia Poeta, o jornalista entrevistou o candidato Eduardo Campos na noite de terça (12), um dia antes da morte do presidenciável.

No Encontro com Fátima Bernardes, a esposa de Bonner também criticou quem fez piada com a morte do político. “”Eu fiquei chocada com a quantidade de pessoas que utilizam as redes sociais para algum tipo de ofensa pessoal. Sou de um tempo de que, se eu não gostasse do meu vizinho, eu não bateria na porta da casa dele para dizer algo contra ele, porque eu simplesmente respeitaria o luto”, disse.

Fonte: Veja! São Paulo/Blog Pop


CLINICA SALUTAR