ad

[dropcap color=”#dd3333″]O[/dropcap] paraguaio Julio Pereira Ferreira, de 19 anos, foi julgado na segunda-feira (26) pelo Tribunal do Júri da comarca de Marechal Cândido Rondon.

Ao final do julgamento, conforme sentença proferida pelo Juiz de Direito Dr. Clairton Mario Spinassi, ele foi condenado a uma pena de 13 anos, 2 meses e 10 dias de prisão, em regime fechado.

Julio Pereira Ferreira e mais duas mulheres de 23 e 25 anos, e um menor de idade, são acusados de um homicídio ocorrido no dia 4 de fevereiro do ano passado no centro de Marechal Rondon e que teve como vítima, Romicon José da Silva.

Romicon foi morto com dezenas golpes na cabeça, desferidos pelo reú e pelos outros três envolvidos no crime.

As duas mulheres não foram levadas a julgamento porque entraram com recurso no Tribunal de Justiça e aguardam uma decisão da corte.

Além do homicídio, eles respondem também por corrupção de menor, já que provocaram o envolvimento do adolescente no crime.

Portal Guaíra com informações da Rádio Educadora


CLINICA SALUTAR