ad

[dropcap color=”#dd3333″]N[/dropcap]a semana passada, uma equipe policial de Guaíra, cumpriu mandado de prisão junto a Guarda Municipal.

Um servidor que não teve o nome divulgado foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil. Ele não ofereceu resistência.

Contra ele pesa uma acusação de abuso sexual contra uma menor de 09 anos. Ela seria sobrinha do acusado.

A vítima já teria feito exames, porém, por se tratar de menor de idade, as informações correm em segredo de justiça.

O Delegado chefe da Polícia Civil. Dr. Deoclécio Detros ainda não se pronunciou sobre o caso.

Já o coordenador da Guarda Municipal, Edson Manoel Auler, que acompanhou a prisão do servidor na semana passada feita pelo BPFron, ao ser procurado por uma emissora de rádio local, disse que repudia tal atitude e não concorda com as ações.

O servidor segue preso na manhã desta segunda-feira e aguarda pronunciamento da Justiça.

Redação Portal Guaíra


CLINICA SALUTAR