ad

[dropcap color=”#81d742″]C[/dropcap]om o objetivo de prolongar a vida útil do Cemitério Central Municipal, o governo de Guaíra publicou no dia 08 de março o decreto 135/2018, que notifica familiares de falecidos para fins de exumação e translado até o Ossário Municipal Paulo César Zeballos Rolon, construído em 2014.

Segundo a Secretaria de Administração existem hoje 2.790 jazigos abandonados, sem manutenção por parte dos responsáveis, exigindo da administração gastos extras. Todos os custos da exumação e translado serão arcados pelo município e só serão feitas intervenções em túmulos com falecidos há mais de 10 anos e cuja manutenção não tenha sido feita nos últimos 3.

A Secretaria de Administração está notificando 179 familiares dos sepultados nas quadras 01, 02, 03 e 04. “O objetivo é pedir o consentimento destes familiares ou que eles se comprometam a fazer a manutenção. Vale lembrar que toda o trabalho será feito por uma empresa especializada, dentro da legislação vigente, e que os restos mortais serão encaminhados para o Ossário, que é um local adequado, individualizado e onde os familiares poderão continuar a prestar suas homenagens”, explicou a secretária Mariana Candido.

A lista completa com os nomes está disponível no decreto. Os familiares têm até o dia 06 de maio para se manifestarem.

http://www.diariomunicipal.com.br/amp/materia/C7405551

Portal Guaíra via Assessoria


CLINICA SALUTAR