ad

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma enorme quantidade de maconha na tarde desta segunda-feira (23) em Alto Paraíso, na região noroeste do Paraná.

Trata-se da maior apreensão da droga já realizada pela PRF em toda a sua história no país – 24 mil 572 quilos – três toneladas superior ao antigo recorde.

Até hoje, a maior apreensão já feita pela PRF em território nacional foi registrada no ano de 2010, em Santa Terezinha de Itaipu, quando 21,5 toneladas de maconha foram apreendidas.

A droga apreendida hoje era transportada em dois semirreboques de uma carreta bitrem, abordada pelos policiais rodoviários federais na BR 487, em frente à Unidade Operacional Porto Camargo.

Ao examinar a nota fiscal, a equipe da PRF constatou que o documento apontava o transporte de soja. Durante a fiscalização, porém, os policiais rodoviários federais perceberam a existência de milho nas laterais da carreta.

Cães farejadores da PRF, que estavam nas imediações, foram acionados e logo deram sinais de que o veículo transportava drogas.

Após a retirada da lona, os policiais rodoviários federais descobriram que a camada de milho tinha apenas poucos centímetros. O objetivo dela era encobrir o entorpecente.

Preso em flagrante, o motorista admitiu saber que havia drogas em sua carga. Disse que passava pelo posto da PRF durante a chuva, na esperança de não ser fiscalizado.

Ele informou ainda que buscou a carga em Amambai/MS, cidade próxima da fronteira com o Paraguai, e que pretendia levá-la até Paranavaí/PR.

Um comboio de viaturas da PRF, com o apoio de um helicóptero da instituição, fez a escolta da carreta bitrem até a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra, onde a pesagem oficial será realizada.

Em 2015, a maior apreensão da PRF havia sido registrada em fevereiro, no município de Itapecerica da Serra/SP, com 4,5 toneladas. No Paraná, a maior havia ocorrido em Tijucas do Sul, no último mês de agosto (3,5 toneladas).

Portal Guaíra com informações da PRF


CLINICA SALUTAR