Indígena – Funai vai demarcar território na região oeste do Paraná

Fabian Vendruscolo, prefeito de Guaíra

Fabian Vendruscolo, prefeito de Guaíra

O prefeito de Guaíra, Fabian Persi Vendruscolo, aproveitou a assembleia geral ordinária do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, realizada ontem (1º) em Santa Helena, para expor uma grande preocupação sua e do prefeito de Terra Roxa, Ivan Reis da Silva: a invasão indígena na região.

Atualmente, os dois municípios juntos já somam 13 áreas ocupadas por aldeias e a estimativa é de que nestes locais haja em torno de 1,5 mil índios. De acordo com o prefeito, trata-se de um problema nacional e que tem ocorrido em todo país, não sendo, portanto, uma exclusividade da região. Porém, ele enaltece que no Oeste do Paraná a questão indígena ainda é algo novo.

Nesta semana, Fabian esteve em Brasília para participar de uma audiência na Fundação Nacional do Índio (Funai). No dia anterior, o prefeito guairense já havia se reunido com a presidente da entidade, Marta Maria do Amaral Azevedo. “Eu descobri aquilo que já desconfiava: a Funai já decidiu por demarcar um território tradicional indígena avá-guarani na região Oeste do Paraná”, anunciou.

Veja também
Sindicatos rurais entregarão carta a Dilma sobre problemas fundiários
Comissão é criada para intermediar relação agrária
Índios serão cadastrados e prometem trégua

Fonte: O Presente

Tags: , , , , ,

Sobre o Editor

Editor-Responsável pela autorização de todas as noticias, entrevistas, vídeos e fotos publicadas no PG - Portal Guaíra.com
Inscrever-se para os Comentários ESS Feed neste Post

3 Respostas

  1. celio isso e brasil quem manda e traficante e a funai que coisa ne

  2. Entendo que o Indio mereçe nosso respeito, pois são gente igual a nos, mas demarcar terras que estão sendo ocupados a anos pelos agricultores, sendo que o Indio não esta preocupado com grandes quantidades de terras, indio não tem uma visão capitalista, eles querem apenas o basico para sua sobrevivencia.
    Vejo como uma ameaça a sustentabilidade alimentar a demarcação das terras na Região de Guaira, pois quem vai produzir tanto para que não falte alimentação no futuro?

    Claudinei Dinello – Pirapozinho – São Paulo

  3. Isso é um absurdo, pois cada agricultou, que possui suas terra foram comprada com muito suor, isso que a FUNAI esta fazendo não é correto demarcar uma coisa que não é deles, e sim de quem mora lá. ….gente não podemos cruzar os braços, temos que barrar isso.

Ao fazer um comentário e preencher com seu e-mail, uma mensagem é enviada para checar se realmente existe. Ela poderá sofrer moderação ou não ser publicada!